Rotavírus

Vacina contra Rotavírus

Protege você contra a doença diarreica causada pelo Rotavírus

PARA QUEM ESTA VACINA É INDICADA?

Bebês de 6 semanas a 8 meses e 0 dia. A primeira dose deve ser obrigatoriamente aplicada até a idade de 3 meses e 15 dias, e a última dose até os 7 meses e 29 dias.

QUANTAS DOSES DESTA VACINA PRECISO TOMAR?

Para crianças a partir de 6 semanas de idade: três doses, com intervalo mínimo de quatro semanas. Esquema padrão: 2, 4 e 6 meses de idade.

COMO É APLICADA ESTA VACINA?

Oral

DO QUE É FEITA ESTA VACINA?

É composta por cinco tipos de rotavírus vivos “enfraquecidos”, sacarose, citrato de sódio, fosfato de sódio monobásico monoidratado, hidróxido de sódio, polissorbato 80, meios de cultura e traços de soro fetal bovino.

ESSA VACINA PODE CAUSAR REAÇÕES OU EFEITOS ADVERSOS?

Sintomas de gastrenterite ocorrem em menos de 10% dos vacinados. Nos Estados Unidos, de 2006 e 2012, foram aplicadas 47 milhões de doses da vacina. Nesse período, ocorreram 584 casos de invaginação entre três e seis dias após a primeira dose da vacina. Esse total é muito próximo da quantidade esperada em crianças não vacinadas, o que demonstra que o risco oferecido pela vacina é pequeno.

PARA QUEM ESTA VACINA NÃO É INDICADA?
  • Crianças fora da faixa etária de indicação;
  • Com deficiências imunológicas por doença ou uso de medicamentos que causam imunossupressão;
  • Com alergia grave (urticária disseminada, dificuldade respiratória e choque anafilático) provocada por algum dos componentes da vacina ou por dose anterior da mesma;
  • Com doença do aparelho gastrintestinal ou história prévia de invaginação intestinal.

QUE CUIDADOS DEVO TER ANTES, DURANTE E DEPOIS TOMAR ESSA VACINA?
  • Adiar a vacinação em bebês com febre moderada a alta (acima de 38⁰C) ou diarreia intensa, até que ocorra a melhora desses sintomas. Não há problema se a febre for baixa ou a diarreia de leve intensidade, sem provocar desidratação.
  • Bebês de mães portadoras do vírus HIV podem ser vacinados se não tiverem sinais de deficiência imunológica.
  • Não há problema em vacinar bebês que convivem com pessoas com deficiência imunológica.
  • Não é preciso dar outra dose se o bebê golfar ou regurgitar após tomar a vacina.
  • Não há recomendação para cuidados especiais com as fraldas após a vacinação, além da habitual lavagem adequada das mãos.
  • Sintomas de eventos adversos graves ou persistentes, que se prolongam por mais de 24 a 72 horas (dependendo do sintoma), devem ser investigados para verificação de outras causas.
  • Eventos adversos inesperados ou graves devem ser notificados.

ESSA VACINA ESTÁ DISPONÍVEL NO PROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÕES?

Não

FIQUE LIGADO E SAIBA TUDO SOBRE ESTA VACINA EM:

ATENÇÃO:
  • Vacinas são medicamentos e a sua administração pressupõe uma prescrição médica. Consulte o seu médico antes de se vacinar.
  • As indicações de vacinação são feitas pelas sociedades médicas ou Ministério da Saúde, conforme os seus Calendários de Vacinação.

Serviços

Conheça aqui os serviços de prevenção e saúde que oferecemos aos nossos clientes.

Saiba mais

Calendendário de vacinação

Dúvidas sobre quais vacinas tomar e quando tomar? Baixe nosso calendário e conheça todas as vacinas essenciais para a sua faixa etária.

Saiba mais

Faça agora seu agendamento

Fale conosco Ou ligue 4108-9100